Abas primárias

Projeto Vivência para não esquecer

ONGs
kicks
Arrecadados da meta de R$50.000,00
Encerrado!
Campanha flexível

Esta campanha recebeu todos os fundos arrecadados até 27/02/2019.

Diante dos diferentes modos de vida sustentados pela diversidade sociocultural, presente em nossa coletividade, nos deparamos com a escassez de informações relevantes e adequadas para a educação e convívio com as  pessoas com Síndrome de Down (SD). Essas pessoas nascem com características físicas, emocionais e intelectuais diferentes das  demais "comuns", mas se estimuladas adequadamente e integradas na sociedade, podem desenvolver plenamente todo o potencial.

A inclusão, ou até mesmo a aceitação dessas pessoas, é barrada pela falta de conhecimento e preparo dos profissionais em ensinar e/ou lidar com o diferente, o que leva muitos à discriminação, preconceito, falta de paciência e até mesmo a desculpas como “não levo jeito para lidar”. Por isso, é importante ofertar a essas pessoas oportunidades para aprenderem  por meio de metodologias multiplas, que respeito o tempo diferente de aprendizagem. porque  em muitos casos aprendem mais devagar determinados conceitos e/ou convívio.

O TECER nasce com este propósito de transformar a vida de pessoas com SD e seus familiares por meio da programas, ações e projetos de educação, de cultura, de esporte e de relações para atender grupos mistos mais o menos 50% de crianças e jovens com SD e 50% de ciranças e jovens comuns. Sempre visado o convívio, como a troca de informações, conhecimentos e experiências.

A proposta também visa  fornecer informação da sociedade através e conteúdo variado. Não apenas para alertar e conscientizar, mas também desmistificar o convívio com a pessoa SD, inserindo-a na sociedade de forma plena para que ela seja parte integrante de um todo, do meio em que vive, independentemente de suas limitações, assim como são aceitas as demais pessoas “comuns” com os seus mais variados limites no âmbito mental, emocional e físico.


A hora é agora! Contribua com
Projeto Vivência para não esquecer

Saiba mais sobre o criador desta campanha:

Facebook | Twitter | Instituto Tecer

Conheça quem está à frente desta campanha

Instituto Tecer
  Instituto Tecer
  

Você acredita que essa campanha tenha conteúdo proibido? Reporte esta campanha.